CRIANÇA: OBJETO OU SUJEITO

(ref.: 9788571373815 (CO))

Autor: Ana Laura P. Pacheco e Beatriz Oliveira
Editora: Escuta
Ano: 2016
Número de páginas: 304
Categoria Principal: Lacan

  • Compartilhe:
R$ 78,00
Coloque o cep:
  • Descrição
  • Especificação
SUMÁRIO

Prefácio 9
Maria Anita Carneiro Ribeiro

Apresentação 13
Ana Laura Prates Pacheco e Beatriz Oliveira

Parte I- Temas de pesquisa da Rede Psicanálise e Infância

O que é uma criança para a psicanálise? 21
Maria Cláudia Formigoni com a colaboração de Geni Gentil

Uma primeira leitura estrutural do complexo de Édipo no caso Hans 43
Claudia Barbosa Bocei e Maria Fernanda Mascheretti

A montagem da fantasia na perspectiva do objeto em Freud 53
Jonas de Oliveira Boni Júnior e Marli Gandolfo

A psicose na criança e sua psicanálise: o caso Robert 69
Beatriz Cauduro Cruz Gutierra

Sintoma, angústia e sexuação: o caso Marisa 95
Deborah Francis Patah Roz e Fernando Alves

A verdade do casal parental 109
Caroline Geocze,Marina Rachei Graminha Cury,
Patrícia Ribeiro e Sheila Skitnevsky Finger

Loira do banheiro só existe para quem é pequeno: apontamentos sobre final de análise (com crianças) 131
Adriana Grosman, Cristiane Sammarone e Fernanda Ghiringhello Sato

Do olhar à voz. O rugido do leão 143
Beatriz Oliveira

As incidências dA Mulher na infância 151
Ana Laura Prates Pacheco

Parte II- Psicanálise com crianças no Campo Lacaniano

As construções possíveis da clínica com crianças 163
Esther Maynart P. Mikowski

Psicanálise e criança: por uma ética do singular 177
Ida Freitas

O discurso e lalangue 193
Leonardo S. Rodríguez

O pesadelo é a infância do sonho 217
Martine Menès

Apontamentos sobre a noção de inconsciente na clínica lacaniana com crianças 233
Pablo Peusner

Uma interpretação para a medicalização da infância e da adolescência 249
Rosane Meio

Redinha: sobre a rede de pesquisa Psicanálise & Criança, em Natal. RN 267
Silvia Helena Facó Amoedo

A família está viva! Uma abordagem psicanalítica 277
Zilda Machado

Sobre os autores 297
Em seu retorno a Freud, Lacan atribui aos psicanalistas de crianças a inflação imaginária que povoou a psicanálise pós-freudiana. A suposição da existência de uma linguagem pré-verbal e, sobretudo, a redução do sujeito ao EU, instância corporal que, esta, sim, se desenvolve, levou a psicanálise a descaminhos que até hoje reverberam.
O trabalho dos companheiros da Rede de Psicanálise e Infância do Fórum do Campo Lacaniano de São Paulo e convidados representa, de forma exemplar, a retomada do caminho do inconsciente, traçado por Freud e reforçado por Lacan. E a assunção corajosa dos novos desafios que a contemporaneidade nos lança.


O trabalho dos companheiros da Rede de Psicanálise e Infância do Fórum do Campo Lacaniano de São Paulo e convidados representa, de forma exemplar, a retomada do caminho do inconsciente, traçado por Freud e reforçado por Lacan. E a assunção corajosa dos novos desafios que a contemporaneidade nos lança. (Maria Anita Carneiro Ribeiro)
1
quem comprou, também comprou
HIPOCONDRIA
Escuta
R$ 71,00
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque
UM MOSAICO DA DEPRESSÃO - DOS SUJEITOS SINGULARES AOS TRANSTORNOS UNIVERSAIS
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque
AFETO E LINGUAGEM NOS PRIMEIROS ESCRITOS DE FREUD
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque

    FORMAS DE PAGAMENTO

    REDES SOCIAIS