O DESEJO CONTRARIADO - ENSAIO SOBRE A IMPOSSÍVEL TRANSMISSÃO EM PSICANÁLISE

(ref.: 9788585717827 (CO))

Livro com as páginas amareladas, devido ao ano de edição.

 


Autor: ROBERT LÉVY
Tradução: SANDRA REGINA FELGUEIRAS
Editora: COMPANHIA DE FREUD
Ano: 2004
Número de páginas: 319
Categoria Principal: Lacan

  • Compartilhe:
R$ 56,00
Coloque o cep:
  • Sinopse
  • Sumário

Livro com as páginas amareladas, devido ao ano de edição.

 

Polêmico, este livro parecerá apenas como acréscimo. A psicanálise tem um inimgo: a religião , escandalosa equivalência cuja definição Lacan havia dado. Doravante, o texto de Lacan, com frequência percebido como legado do pai morto, mais que como a letra viva a ser trasmitida, se resolvesse como ideologia ou como logomaquia escolástica. Este livro nada mais é, portanto, que uma operação de desnudamento, de desobstrução da estrutra do sentido que tolhe a transmissão da psicanálise, com o que isso faz sobressair como possibilidade de leitura nova do texto, texto do analisante, texto da história deste século. Então, serão expostos a crítica, sucessivamente e num escândalo mantido, diversos -ismos que, de modo algum, a psicánalise tem por missão aceitar ou agregar: um certo lacanismo que se tornou pronto-pra-não-pensar, o institucionalismo das instituições psicanalíticas, um certo feminismo, sonho de integração das mulheres, um judaísmo que está perdendo sua língua. Isso não se dará sem que, igualmente, nos últimos capítulos, seja questionado o Mal-estar na civilização.

Livro com as páginas amareladas, devido ao ano de edição.

 

Agradecimentos 7

Prólogo 9

Prefácio 11

I. Freud E lacan: A INSTITUIÇÃO DA TRANSFERÊNCIA

1. Sobre a inatualidade da psicanálise ou como acabar com a questão das gerações 15

2. Para um ensino da Análise freudiana 21

3. Trabalho de transferência de trabalho 29

4. O analista pode ser aluno de uma escola? 35

5. Instituição do nome próprio 43

6. Fundação do nome próprio - nome próprio de uma Fundação 57

7. Que coletivo permitiria a persistência do desejo contrariado? 63

8. A psicanálise é democrática? 71

9. É um tormento que cada psicanalista seja forçado a reinventar a psicanálise 79

10. Dissolução um-transmissível 85


II. DO DESEJO DO ANALISTA AO DESEJO DE ANALISTA OU COMO SER-AÍ SEM RATÃO DE SER

1. A direçao da cura psicanalítica ao risco do desejo de analista 95

2. O desejo de analista: um enigma? 109

3. O desejo do analista é formável? 113

4. ... e por alguns outros 123

III. CLÍNICA ($)


Introdução 131

1. A etiologia da histeria ou as hesitações de um passante 133

2. Histeria: estrutura de todos os perigos 159

3. Paixões da escravidão: transmissão impossível 165

4. Um pai é espancado 173

5. Nascido de mãe não conhecida 187

6. A guerra do fogo: mal-estar na significação 197

7. Do Édipo à metáfora paterna, uma clínica do nome 217

8. A análise freudiana, teoria clínica: uma questão de analogia? 229

9. As falas de um autor não são atos? 243

IV. REAL E GOZO OUTRO: MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO

1. Discurso psicanalético 253

2. Odiarás teu próximo como a ti mesmo 257

3. Escolho e limite de um discurso que não seria semblante 263

4. Um novo tratamento da história: a literalização 267

5. Um gozo outro não é de natureza a acarretar algumas guerras? 277

6. Ele/Ela: uma falha de escrita? 283

7. O Real? A questão do real da morte: entre testemunho e transmissão 287

8. Situação da psicanálise na Alemanha nazista 295

9. Especialmente a religião dos judeus deve ser questionada em nosso meio 301

10. O identid-erro judeu laico: uma experiência de ruptura em busca do traço de indistinção 309

quem comprou, também comprou
PSICOSSOMÁTICA - DE HIPÓCRATES À PSICANÁLISE - COLEÇÃO CLÍNICA PSICANALÍTICA
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque
A ESCOLHA PROFISSIONAL EM QUESTÃO
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque
HANNA SEGAL EM SÃO PAULO - SEMINÁRIOS
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque

    FORMAS DE PAGAMENTO

    REDES SOCIAIS