O DISCURSO PSICOLÓGICO NA FUNDAÇÃO DA CRIMINOLOGIA BRASILEIRA

(ref.: 9788580425185)

Autor: Juliana Ferreira da Silva
Editora: CRV
Ano: 2012
Número de páginas: 198
Categoria Principal: Psicologia Jurídica

  • Compartilhe:
R$ 46,91 R$ 45,74
Coloque o cep:
Frete grátis para: Brasil
  • Descrição
  • Especificação
SUMÁRIO

PREFÁCIO 7

1.A PSICOLOGIAS DO CRIME 11

2. UMA PERSPECTIVA HISTORIOGRÁFICA 15

3. CRIMINOLOGIA 19
3.1 Criminologia na América Latina 28
3.2 Criminologia no Brasil 35

4. A REVISTA BRASILEIRA DE CRIMINOLOGIA E SEUS PERSONAGENS 45

5. SEPARANDO TUDO O QUE SE REFERIA À PSICOLOGIA 55

6. ARGUMENTOS & PRÁTICAS 57
6.1 Epistemologia da Criminologia 57
6.3 Políticas e instrumentos de controle social do delito 96

7. CONSIDERAÇÕES FINAIS 111

8.REFERÊNCIAS 115
8.1 Fontes Primárias 115
8.2 Fontes Secundárias: 115

ANEXO I
LEGISLAÇÃO REFERENTE À IMPUTABILlDADE PENAL,MEDIDA DE SEGURANÇA, INSANIDADE MENTAL DO ACUSADO E CLASSIFICAÇÃO DOS CONDENADOS 117

ANEXO II
TÍTULOS DE ALGUMAS CONFERÊNCIAS DE CRIMINOLOGIA NA AMÉRICA LATINA 127

ANEXO III
TABELAS DE TRECHOS SELECIONADOS NA REVISTA
BRASILEIRA DE CRIMINOLOGIA 133
O livro relata a história do pensamento criminológico brasileiro. Esta é uma publicação interessante para a formação de psicólogos forenses e operadores da justiça, que poderão compreender as articulações dos discursos psicológico e jurídico, revendo as principais teses e os embates teórico-políticos travados pela intelectualidade brasileira que protagonizou a elaboração de políticas públicas ligadas ao tema penal, colaborou em muitos projetos de reformulação da legislação brasileira e latino-americana, criou e dirigiu em instituições brasileiras para o estudo criminológico. A obra subsidia o estudo de como a referência ao saber psicológico firmou-se como uma prática judiciária no Brasil, isto é, como os profissionais de psicologia e psiquiatria credenciaram-se como interlocutores do judiciário, tanto na compreensão da origem da conduta criminal, quanto no tratamento do condenado. É endereçada a estudantes de graduação e pós-graduação, com interesse em criminologia (notadamente das áreas da psicologia, direito, segurança pública), assim como profissionais do judiciário (psicólogos forenses, juízes, delegados) e pode ser utilizada como bibliografia em disciplinas relacionadas à criminologia e psicologia forense.

    FORMAS DE PAGAMENTO

    REDES SOCIAIS