O LADRÃO NO FIM DO MUNDO

(ref.: 9788539002740)

Autor: Joe Jackson
Editora: Objetiva
Ano: 2011
Número de páginas: 447
Categoria Principal:

  • Compartilhe:
R$ 54,90 R$ 38,45
Coloque o cep:
  • Descrição
  • Especificação
SUMÁRIO

Prólogo: O sonho de Henry II

PARTE I: A NECESSIDADE
1 O filho afortunado 29
2 A natureza pertence ao homem 46
3 O Novo Mundo 67
4 O rio mortal 91
5 Os agentes do deus elástico 119

PARTE II: A FONTE
6 O retorno do fazendeiro 139
7 A selva 157
8 As sementes 176
9 A viagem do Amazonas 198

PARTE III: O MUNDO
10 Os confins do mundo 223
11 A Cruz Falante 245
12 A loucura pela borracha 266
13 O homem reconhecido 295

Epílogo: O monumento à necessidade 324

APÊNDICES
I. Produção mundial de borracha, 1905-1922 339
II· Demanda mundial de borracha em 1922 340
III. Cotações de preço da borracha bruta em Nova York 341

Notas 343

Bibliografia 399

Agradecimentos 427

Créditos das fotografias 431

Índice remissivo 433
A história de como o inglês Henry Wickham contrabandeou 70 mil sementes de seringueiras da Floresta Amazônica para a Inglaterra no século XIX é um dos casos mais ilustrativos de biopirataria de espécies amazônicas. Movido pela ambição de crescer na indústria da borracha, à época tão importante quanto a do petróleo hoje, Wickham decide explorar a selva amazônica na Venezuela e no Brasil. Após enfrentar todos os perigos da floresta, cobras e insetos gigantes, índios Yanomami e outras experiências que quase o levaram à morte, Henry Wickham retorna à Inglaterra com milhares de raras sementes de seringueira que produzia uma borracha super resistente. Estudadas no jardim botânico de Londres, as sementes foram enviadas para plantações nas colônias inglesas tropicais, e depois de trinta anos, a Inglaterra conseguiu superar o Brasil no monopólio da borracha, dominando os suprimentos mundiais.

    FORMAS DE PAGAMENTO

    REDES SOCIAIS