O TRÁGICO: SCHOPENHAUER E FREUD

(ref.: 9788561977795 (CO))

Autora: Jassanan Amoroso Dias Pastore
Editora: Primavera Editorial
Ano: 2015
Páginas: 372
Categoria Principal: Psicanálise, Arte e Cultura

  • Compartilhe:
R$ 39,90 R$ 38,90
Coloque o cep:
Frete grátis para: Brasil
  • Descrição
  • Especificação
SUMÁRIO

AGRADECIMENTOS 9

PREFÁCIO 11

INTRODUÇÃO 15

A TRAGÉDIA NO CONTEXTO RELIGIOSO-LITERÁRIO DA ANTIGUIDADE GREGA E A FILOSOFIA GRECO-ROMANA 21
Religião e literatura 25
Mito, rito, deuses e heróis 34
Mito de Dionísio 55
Tragédia grega 72
Fábula e enredo 80
Herói e coro 85
Trágico grego 90
Filosofia na Antiguidade greco-romana 98
Pré-socráticos 100
Os sofistas 111
Lucrécio 118

SCHOPENHAUER: ENTRE O TRÁGICO E O PESSIMISMO 125
Vida e obra 128
A história do pensamento de Schopenhauer 134
Trágico e pessimismo em Schopenhauer 138
Vontade e representação 140
Ética: egoísmo, maldade e compaixão 157
O trágico na filosofia moderna 166
Acaso, trágico e pessimismo 177
Trágico e natureza 188
Arte e ascese 196

TRÁGICO EM FREUD 215
Tragédia e psicanálise 218
Trágico na alma humana 232
Acaso, pulsão e trágico 233
Processo criativo 294
Schopenhauer e Freud: um elo inegável 308

CONSIDERAÇÕES FINAIS 327

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 361
O que é o trágico? O que é o trágico na filosofia moderna? E em Schopenhauer? E no pensamento freudiano? Schopenhauer e Freud podem ser considerados pensadores trágicos? O que caracterizaria a concepção de trágico em cada um dos autores? Como podemos vislumbrar a relação entre o pensamento trágico de cada um deles?

Essas indagações gravitam em torno dos interesses deste livro, em que a psicanalista Jassanan Amoroso Dias Pastore retoma uma questão fundamental que tem sido deixada à margem na literatura teórico-clínica da psicanálise contemporânea: a do pensamento trágico
1

    FORMAS DE PAGAMENTO

    REDES SOCIAIS