PSICANALISAR HOJE

(ref.: 9788577400102)

Organização: ANGÉLICA BASTOS
Editora: CONTRA CAPA
Ano: 2006
Número de páginas: 224
Categoria principal: Lacan

  • Compartilhe:
R$ 40,00
Coloque o cep:
  • Sumário
  • Sinopse
Apresentação 7
Angélica Bastos


Arqueologia da passagem ao ato 11
Joel Birman


Da superação à simultaneidade: crise e política na psicanálise 37
Bruno Leal Farah
Daniel Mograbi
Resina Herzog


A objetividade do experimento: a elisão do sujeito e de seu ato 67
Anna Coralina Lo Bianco
Ricardo de Sá


Para uma abordagem alternativa da linguagem (e do real) na psicanálise 79
Waldir Beividas
Tiago Ravanello


Sobre o conceito de alíngua: elementos para a psicanálise aplicada ao autismo e às psicoses 107
Angélica Bastos
Ana Beatriz Freire


A prática entre vários: uma aplicação da psicanálise ao trabalho em equipe na atenção psicossocial 123
Ana Cristina Figueiredo
Andréa Máris Campos Guerra
Doris Rangel Diogo


Por que atender fôbicos sociais? Justificativa de uma pesquisa clínica 143
Teresa Pinheiro
Júlio Verztman
Camilo Venturi
Mariana Barbosa


Quando o psiquismo convoca o corpo: a resposta anoréxica 173
Fabiana Lustosa Gaspar
Marta Rezende Cardoso


Se todo gordo é feliz, a obesidade é um sintoma ou uma solução? 191
Tania Coelho dos Santos
Afaria Cristina da Cunha Antunes


O trágico contemporâneo: uma reflexão sobre o sujeito, a ética e o final da análise à luz de O refém, de Paul Claudel 205
Simone Perelson


Sobre os autores 221
A proposição freudiana de inverter a unidirecionalidade temporal ainda sustenta, mais de um século após a invenção da psicanálise, a experiência de que o tempo é sempre outro. Para aquele que fala, diz-se mais do que se quis dizer. Para quem escuta, a convergência do que é instante, fantasia, fim, origem, repetição, e também do que permanece irreversível, heterogêneo e indomável. Para ambos, as conseqüências das diversas mutações temporais ocorridas nas últimas décadas, marcadamente próximas de um certo tipo de instantaneidade, que vêm obrigando os psicanalistas a reexaminar, uma vez mais, para que serve a psicanálise.

Psicanalisar hoje mostra, sob as diversas linhas de força presentes nos temas abordados, que o psicanalista deve estar à altura de seu tempo, e que isso pode ser entendido ao menos de duas formas: o tempo em que ele vive, entendido como o conjunto de incidências sociais, culturais, econômicas e políticas sobre o seu ofício, mas também a temporalidade inconsciente, ou seja, o modo como ele próprio subjetiva o tempo psíquico.

Lêem-se aqui dez contribuições inseridas nas atividades de pesquisa desenvolvidas no Programa de Pós-Graduação em Teoria Psicanalítica da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Seu conjunto abarca considerações, reflexões e proposições sobre sintomas contemporâneos, como a obesidade e a anorexia; a respeito do ato, seja este o criminoso, o do cientista em sua experimentação ou o que caracteriza o final de análise, segundo Lacan; e, ainda, acerca de encaminhamentos teórico-clínicos para o estatuto da linguagem, o tratamento de fóbicos sociais e a psicanálise aplicada ao autismo e às psicoses.
quem comprou, também comprou
A EXPERIÊNCIA DA ANÁLISE - SUA CLÍNICA E SEU DISCURSO
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque
LINGUAGEM E GOZO
Mercado de Letras
R$ 66,00
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque
CORPOLINGUAGEM - ANGÚSTIA - O AFETO QUE NÃO ENGANA
Escolha a quantidade
No momento a quantidade solicitada n?o esta dispon?vel em estoque

    FORMAS DE PAGAMENTO

    REDES SOCIAIS